segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Resenha: O Mensageiro - Markus Zusak

Pensa em um cara folgado.


  Pensou?
  Soma isso com o cara ter dezenove anos, ser taxista, ter como companhia um cão que se chama Porteiro, velho e fedido, e bem.. o cara em questão não tem medo do perigo e as vezes parece que não bate bem das idéias... Gosta de jogar cartas com os amigos. É apaixonado por sua amiga, Audrey, que dá para qualquer um menos para ele.
 De primeira, o cara é um perdidão.
 A história se inicia com um assalto ao banco e nosso protagonista Ed Kennedy:
 Folgado, 
 Taxista, 
 Dono do Porteiro...

Ah, você já entendeu, né?

 Bom, o fato é que ele começa, causando! Em pleno momento de tensão, os pensamentos e palavras são: “O assaltante é um mané”, “Por que ele não anda logo com isso?”... Sorte a dele que o assaltante era um mané de fato, pois com tanta prepotência e falta de noção, Ed se torna o herói que ajuda a pegar o bandido do assalto ao banco.

Intrigante  é o que acontece após o momento do assalto, pois Ed recebe um Ás de Ouros com 3 endereços com horários escritos.

Uma mensagem misteriosa.
Ele precisa ir até esses lugares e fazer o que precisa ser feito. 
Ele foi escolhido.

Ele é o mensageiro.

Mas não para por ai, logo aparecem mais Ases com enigmas, para que nosso protagonista desvende e encontre a pessoa a quem ele precisa mandar a mensagem.
No meio dessa loucura toda, conhecemos um Ed Kennedy azarado, fracassado, mas com uma sensibilidade e um coração generoso. Um Ed Kennedy que faz a diferença na vida de algumas pessoas e inclusive em sua própria.  E que gestos simples fazem uma tremenda diferença.

Um livro cheio de humor, ironia, sensibilidade, enigmas e originalidade. Em um ritmo rápido, fluido, que vai te prender até a última página.

"- Você é algum tipo de santo?
Aqui dentro, eu dou uma risada. Eu? Santo? Faço uma lista do que sou. Taxista. Vagabundo da redondeza. Modelo de mediocridade. Um desastre sexual. Péssimo jogador de cartas.
Digo minhas palavras finais pra ela:
- Não, não sou santo, Sophie. Só mais um ser humano estúpido."



O Mensageiro - Ficha Técnica

Autor: Markus Zusak
Editora: Intrínseca
Tradução: Antônio E. de Moura Filho
Páginas: 318
Categoria: Literatura Estrangeira / Romance


Resumo:
   Seu emprego: taxista. Sua filiação: um pai morto pela birita e uma mãe amarga, ranzinza. Sua companhia constante: um cachorro fedorento e um punhado de amigos fracassados. Sua missão: algo de muito importante, com o potencial de mudar algumas vidas. Por quê? Determinado por quem? Isso nem ele sabe. Markus Zusak, autor do best seller "A Menina que Roubava Livros", nos fornece essas respostas bem aos poucos neste incomum romance de suspense, escrito antes do seu maior sucesso. O que se sabe é que Ed, um dia, teve a coragem de impedir uma assalto a banco. E que, um pouco depois disso, começou a receber cartas anônimas. O conteúdo: invariavelmente, uma carta de baralho, um ou mais endereços e...só.

Onde Comprar 

10 comentários:

  1. Não conhecia ainda esse livro, boa dica ;)
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Luiza!
      O Mensageiro é um livro bem peculiar, vale a pena dar uma lida, quando se procura por coisas novas.

      Excluir
  2. Nossa, que curioso esse livro! Não conhecia, mas achei a capa linda!!
    Gostei da dica =))

    bjs,
    Carla
    http://linhas--soltas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Carla! A Capa é maravilhosa mesmo. As duas versões. O que mais gostei foram as ilustrações no livro com as cartas Ases.
      Deu um charme a mais.

      Excluir
  3. Oiie!
    Nunca tinha ouvido falar deste livro mas fiquei interessada por conta do autor!
    Vou procurar saber mais.
    Adorei a resenha!

    Beijos,
    Marcela.
    ocantinholiterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, ele é do mesmo autor de A Menina que Roubava Livros. (Mas confesso que nunca li esse livro, só sei que fez sucesso).

      Esse foi meu primeiro contato com Markus.. em breve planejo ler mais de suas obras.

      Excluir
  4. Oi, Lucia!
    Nunca tive vontade de ler esse livro.
    Não sei se algum dia terei....

    Beijos!

    www.oblogdasan.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Sandra!

      Grata pelo comentário e pela visita. Afinidade é assim mesmo. Ora gosta ora não...

      Excluir
  5. Amei A Menina Que Roubava Livros, então confio que esse deve ser bom também, nem sabia dele, mas sua resenha me deixou mega curiosa. Espero ler em breve.
    Adorei a quote.
    Beijos!
    http://vidadaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Steph!

      Ainda não li a Menina que Roubava Livros.. confesso que comecei a ler umas páginas, achei interessante... mas tinha mais coisas a fazer. Larguei o livro e depois nunca retomei a leitura. Até trocar o livro eu troquei rsrsrs

      Depois que você ler, volta aqui e conta para a gente o que achou!

      Bjs!

      Excluir

Obrigada por participar com sua opinião. Seu comentário será aprovado em breve!

Respondemos todos os recadinhos!